Desafios

A concorrência é feroz. As regulamentações estão mudando. A Nidec deve fornecer produtos superiores cada vez mais rápido a fim de manter a posição de liderança no mercado. O sistema desenvolvido internamente e os processos eram desconectados, e o tempo de desenvolvimento de produtos era longo (40 – 48 meses). O processo de desenvolvimento de produtos é complexo e deve levar em conta milhares de configurações de produtos específicas de clientes, vários centros de manufatura e diversos mercados com regulamentações diferentes para gerenciar.

A Nidec Corporation, sediada no Japão, é um dos maiores grupos produtores de motores do mundo. A empresa tem presença em oito países, inclusive onze fábricas de manufatura, mais de cinquenta laboratórios de pesquisa e desenvolvimento, três escritórios de vendas e um centro de suporte corporativo global. Em 2019, a empresa adquiriu a Embraco, com sede no Brasil, para formar uma nova divisão focada em soluções de refrigeração. A marca Embraco é bem conhecida por ser pioneira no desenvolvimento de compressores de velocidade variável e no uso de refrigerantes naturais cruciais para reduzir o consumo de energia.

As soluções inovadoras da Embraco proporcionam uma melhor qualidade de vida e têm um impacto significativo no meio ambiente. O compressor de velocidade variável, por exemplo, trouxe uma economia media de 35% no consumo de energia, atendendo aos níveis de eficiência energética mais rigorosos estabelecidos em todo o mundo.

Com o apoio da gerência superior, TI e engenharia da Nidec uniram-se para entregar mais com menos, aumentando o número de projetos, acelerando o tempo para lançamento no mercado, reduzindo os custos e melhorando a qualidade.

Pressões globais

Os produtos estão mudando. A estrutura de energia e clima da União Europeia estabelece uma meta de redução energética de 40% entre 2020 e 2030 em relação aos níveis de 1990, afetando em grande medida empresas como a Nidec Global Appliance. Equipamentos domésticos e comerciais, como lava-louças e sistemas de refrigeração, serão rotulados pelos novos padrões. Com isso, muitos designs de produtos atuais não atenderão a esses padrões. O que hoje consideramos uma classificação AA será classificado como F segundo os novos padrões.

A concorrência global está se intensificando. Os concorrentes chineses e japoneses estão inovando e acompanhando o ritmo com rapidez. A eficiência energética é convertida em preço. Embora a Nidec Global Appliance tenha um histórico de ser a primeira a chegar ao mercado, há um excesso de capacidade global. A empresa deve acelerar o desenvolvimento do produto ou arriscar uma erosão significativa dos preços de seus produtos.

As cadeias de suprimentos estão sendo interrompidas. À medida que o ritmo da inovação aumenta, a Nidec deve certificar rapidamente peças de fornecedores novas e existentes ou arriscar atrasos dispendiosos no tempo de lançamento no mercado.

Sobre o estudo

Este estudo foi construído em torno dos seguintes indicadores-chave de desempenho (KPIs), e os resultados obtidos pela Nidec Global Appliance ao implementar sua estratégia de gerenciamento do ciclo de vida de produtos (PLM) foram:

  • Número de projetos grandes: Aumentou em 284%
  • Tempo de lançamento no mercado: Diminuiu em 48%
  • Recursos: Diminuíram em 22%
  • Qualidade: Custo com produtos que não atendem aos requisitos de qualidade reduzido em 40%

A equipe de TI aprendeu com P&D a adotarem jutas uma abordagem mais ágil. Nosso trabalho em equipe, metodologia e ferramentas evoluíram ao longo do tempo com base em uma filosofia de melhoria contínua.

Thalita Begliomini, gerente global de TI para governança, risco e conformidade, Embraco "

Desafios

A Nidec Global Appliance começou a usar o Windchill da PTC em 2015 para gerenciar seus dados de CAD, deixando informações relacionadas ao produto em sistemas isolados. Com sistemas e processos desconectados, ocorreram atrasos inevitáveis do produto com baixos rendimentos de primeira passada, falhas internas e da linha do cliente, retrabalho e falhas de campo. A Nidec Global Appliance sabia que unir e otimizar o desenvolvimento de produtos era fundamental para melhorar o tempo para lançamento no mercado e reduzir o custo de problemas de qualidade.

Antes da iniciativa de PLM em toda a empresa, a rastreabilidade e a governança de peças, documentos de produtos, certificações e processos da Nidec Global Appliance eram desconexas e baseadas em projetos. Com a presença da Nidec Global Appliance no Brasil, no México, na China e na Europa, cada região tinha um banco de dados separado para documentação e os processos eram isolados uns dos outros. Com os produtos da Nidec contendo milhares de variantes, 17.000 listas de materiais (LDMs) únicas e nenhuma acessibilidade global, havia duplicação de esforços frequente e nenhuma garantia de qualidade consistente.

Sem uma única fonte de verdade, era difícil para os funcionários encontrar a documentação e o histórico necessários para projetar com precisão uma variante de produto. Isso levou à duplicação de testes para pequenas alterações de variantes, causando atrasos para novas variantes e novos produtos. Além disso, projetos grandes e médios também estavam aumentando os custos do programa devido a rejeições evitáveis, retrabalho, obsolescência, horas adicionais de trabalho e tempo de ciclo.

As mudanças de engenharia também eram problemáticas. Os desenvolvedores tinham que inserir seus trabalhos em sistemas Windchill e SAP separados, dobrando os esforços e aumentando a probabilidade de erros. Os dados do SAP eram diferentes do Windchill. Migrar designs do desenvolvimento para a produção era complicado, pois as LDMs e as instruções de trabalho relacionadas muitas vezes eram inconsistentes.

Mudar a maneira como as pessoas trabalham não foi fácil.

“Havia razões reais ou percebidas para diferenças no processo com base em cenários específicos. As equipes independentes de P&D não entendiam por que tinham que padronizar um processo diferente do que já estava funcionando para eles. Ninguém queria trabalhar de maneira diferente”, disse Thalita Begliomini, gerente global de TI de governança, risco e conformidade. “Tivemos que convencer nossas equipes de que TI poderia ajudá-las ainda melhor com processos padronizados. Agora, todo mundo entende o que podemos fazer juntos.”

Para os clientes de fabricantes de equipamento original (OEMs) da Nidec Global Appliance, não havia uma maneira padronizada de comunicar alterações no produto. Sem esse conhecimento, os OEMs poderiam experimentar falhas na linha, gastando tempo e recursos desnecessários da Nidec Global Appliance para solucionar o problema e prejudicando sua reputação.

A cadeia de suprimentos também sofria sem um conjunto padrão de requisitos. Atrasos nas certificações de fornecedores ocorriam devido a procedimentos de certificação inconsistentes e bancos de dados de fornecedores espalhados pelas regiões.

Da mesma forma, se um compressor falhasse em campo, como na geladeira de um cliente, a equipe de qualidade não era capaz de rastrear informações de desenvolvimento, fornecedor e fabricação para analisar a causa-raiz e adotar as ações corretivas e preventivas.

A solução

A Nidec decidiu trabalhar em uma forma de otimizar a empresa. A liderança de TI sabia que eles tinham que construir um ecossistema robusto de tecnologia que não apenas funcionasse em conjunto, mas também permitisse à empresa operar em conformidade, com qualidade, segurança e velocidade.

A equipe decidiu fazer uma parceria com a PTC. O Windchill foi selecionado como o sistema estratégico de informações relacionadas ao produto. Os processos de PLM prontos para uso do Windchill foram usados para criar a governança e a rastreabilidade necessárias para transformar a cultura da empresa e acelerar a entrega.

Como parte do processo de implementação do PLM, TI formou uma parceria com P&D para limpar bancos de dados e entender a infraestrutura vigente.

Inúmeras horas de retrabalho e testes foram eliminadas. O gerenciamento de mudanças e configurações foi implementado para garantir que as solicitações de mudança feitas durante os processos de desenvolvimento fossem vinculadas aos documentos e arquivadas automaticamente com todas as aprovações e considerações apropriadas.

Para eliminar o medo de perder dados entre o Windchill e o SAP, as estruturas de produtos foram alinhadas.

E, com novos processos, surgem novas eficiências: ao planejar um projeto, por exemplo, os funcionários recebem funções específicas para reduzir o retrabalho, como usar a mesma pessoa para testar no início e no final para garantir a qualidade.

Os clientes também se beneficiam do PLM: com um processo bem governado de notificação de mudanças de engenharia (ECN), as alterações são analisadas e discutidas. A documentação disponível de testes e certificações auxilia o processo.

Os fornecedores também se beneficiam do sistema de certificação mais forte.

“Os principais processos de P&D são digitalizados globalmente, alavancando o uso de dados confiáveis com base em um processo robusto gerenciado pelo Windchill, permitindo que a empresa direcione os negócios com base em dados e inicie uma jornada usando inteligência artificial”, explica Luiz Gustavo de Oliveira, diretor de tecnologia e análise.

O resultado

Para permanecer competitiva e se manter na liderança de soluções de refrigeração com eficiência energética, a Nidec Global Appliance precisava transformar a empresa. Ao implementar uma estratégia de PLM digital e integrar sistemas distintos como Windchill e SAP, a Nidec Global Appliance conseguiu redefinir as práticas de qualidade ao longo do ciclo de vida de seus produtos.

“A cada nova geração, entregamos uma melhoria de 5% em eficiência energética”, afirma Gerson Heusy, gerente sênior de P&D. “A inovação está presente por meio de ferramentas inovadoras.”

Essas ferramentas inovadoras mudaram drasticamente os prazos dos produtos da Nidec, com o tempo de lançamento no mercado diminuindo em 48% e um aumento de 284% no número de grandes projetos. E eles estão conseguindo isso com 78% dos recursos que tinham antes do PLM. Com governança e rastreabilidade aprimoradas, além de outras iniciativas de qualidade da empresa, o custo da não qualidade também foi reduzido em 40%."

No momento, 900 funcionários são usuários do Windchill, sendo que 300 o utilizam diariamente no mundo inteiro, 24 horas por dia, 7 dias por semana.

O futuro

A equipe de TI estabeleceu um nível de confiança com P&D graças ao sucesso do processo de implementação de PLM. A prioridade será medir a eficiência, fornecendo os parâmetros da linha de produção para procurar oportunidades de reduzir custos operacionais, aumentar a produção da fábrica e melhorar a utilização de ativos. Sem dúvida, a Nidec Global Appliance estará tecendo qualidade em seu segmento digital.